Edição 85 – Semanas com Van Morrison, Tropicália, e a descoberta de música portuguesa.

À 85º emissão, partimos do Brasil em direcção a um dos movimentos mais importantes na história da música contemporânea – a tropicália, ou tropicalismo – que teve um dos seus pontos altos neste álbum que aqui ouvimos, Tropicália ou Panis et Circencis (1968), e do qual ouvimos a colaboração entre Gilberto Gil, Caetano Veloso, Gal Costa e Os Mutantes.

Segue-se o Astral Weeks (1968), de Van Morrison: musicalmente, uma amálgama situada algures entre o jazz, rock e a folk, interpretada por virtuosos músicos e que dão, também eles, o seu cunho pessoal à música do americano. A história deste álbum está repleta de felizes coincidências e acasos, desde sessões em que tudo se aproveitou, a um misterioso flautista que tocou, gravou, e chegou ao disco, mas cujo nome ninguém sabe ao certo, até ao dia de hoje. Um verdadeiro disco de culto e riquíssimo em todas as suas componentes: um verdadeiro clássico.

A sugestão da Porto Calling leva-nos ao ano de 1979, quando os The Specials editaram o seu primeiro álbum, homónimo. Destaca-se pela sua intrínseca relação com as raízes da música jamaicana – uma cultura que que sempre foi rica musicalmente -, actualizando-a segundo as normas da música britânica da altura.

Depois, um destaque à música de dois importantíssimos músicos que cantaram a língua portuguesa: primeiro Luís Cilia, com dois trabalhos que, entre si, distam cerca de dez anos; é um músico que por uma série de motivos, uns mais factuais, outros mais especulativos, não tem o merecido destaque, e aqui recuperámos uma interpretação sua de um poema de José Saramago, crua, mas belíssima, e uma faixa retirada de um álbum conceptual baseado no Portugal traumatizado pós-PREC. Esta veia histórica viria a ser aperfeiçoada por Fausto Bordalo Dias, importante tanto na dimensão de cantor de intervenção como de magistral compositor – e a justificação reside no seu disco O Despertar dos Alquimistas, que destacámos nesta emissão.

Para terminar, ouvimos ainda a voz de José Saramago, numa numa entrevista a um programa de televisão brasileiro. Vale a pena ouvir, com atenção.

mosca_album_template-2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s