Rainer Werner Fassbinder – Ali: Fear Eats the Soul

Diz Ali, marroquino emigrado na Alemanha pós-segunda guerra, que “o medo come a alma”. Verdade, e há medos para todos os gostos: medo de não viver tudo, e o medo de morrer jovem; medo de sair de casa, na total dimensão da proposição, o medo de não ser aceite, de viver só e só morrer. Corria o ano de 1974 quando o alemão Rainer Fassbinder filmou Ali: Fear Eats the Soul na sua terra natal, e pela sua câmera captou a segregação dos imigrantes, a hipocrisia humana e o conservadorismo bacoco dum país a viver os resquícios de um desconfiado nacionalismo; estes problemas manifestam-se constantemente na improvável relação entre Ali e uma idosa viúva, de nome Emma – o casal é vítima de um sentimento de alienação que terá sido, em certa parte, inspirado na própria vivência do realizador, ora não mantivesse, à altura, uma relação com o actor principal El Hedi ben Salem. Por isso, é impossível indissociar o filme de uma componente social – muito mais que política – e que joga completamente a seu favor. Mas Fassbinder não pretende apenas filmar o maior plano da sociedade, e concentra-se, simultaneamente, em explorar o potencial da história do casal. Tão bem que o faz! Ali e Emma são dinâmicos, genuínos, imprevisíveis, e imperfeitos – o realismo está, aliás, latente na maior parte das cenas, e muitas vezes vemos a cena prolongar-se para lá das acções dos actores. Assim, capta o intangível: olhares desencontrados, silêncios reveladores, pormenores soltos cujo todo traça os contornos da complexidade emocional dos personagens.
Ali: Fear Eats the Soul conta-nos mais que um romance. Ali e Emma têm na sua relação problemas transversais à época que vivem, embora a contextualização seja oportuna; isto é, os problemas retratados são indissociáveis desta Alemanha, mas serão pertinentes em qualquer outro cenário. E por outro lado, a história do casal valia por si só, na demanda universal de amor e fuga à solidão. Está recomendado – a todos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s